SAC: 19 3583 1986 - 19 3583 4432 | contato@orgolabsorganicos.com.br
Rua Paulo Casati Filho, 83 - Bosque do Tamanduá - Descalvado - SP

Nossos Produtos

Linha
Humana
FUNÇÃO DOS BISGLICINATOS (QUELATOS)

Os minerais bisglicinatos são minerais ligados à moléculas orgânicas, geralmente aminoácidos, facilitando a absorção dos minerais. Algumas das vantagens de ingerir minerais bisglicinatos são:

• Chegam diretamente aos tecidos e sistemas enzimáticos específicos, utilizando as vias de absorção e transporte das moléculas que estão ligadas a eles;
• Aperfeiçoam as funções orgânicas, atendendo as reais necessidades do organismo;
• Possuem alta biodisponibilidade, quando comparados aos minerais inorgânicos que, na verdade, é favorecida pelo conjunto das vantagens citadas anteriormente.

1. Ascorbato de Cálcio H 20%

Indicações:

• Tratamento da deficiência de vitamina C;
• Tratamento de metaemoglobinemia;
• Tratamento de infecções virais, gripes;
• Desordens do coração, stress fisiológico;
• Previne certos tipos de cânceres, escorbuto;
• Prevenção e tratamento da osteoporose, artrite, doenças cardiovasculares;
• Diminuição do colesterol LDL;
• Ajuda na produção de colágeno;
• Pode ser utilizado como agente antioxidante;
• Regulação da pressão arterial e ajuda a aliviar a insônia.

2. Ascorbato de Ferro H 20%

3. Ascorbato de Magnésio H 30%

4. Ascorbato de Potássio H 20%

5. Ascorbato de Zinco H 20%

6. Aspartato de Arginina H 20% E 50%

Intervém em todas as situações em que seja necessária uma ação desintoxicante, um aporte dietético suplementar de aminoácidos de rápida assimilação, uma estimulação do processo metabólico-eutrófico e um melhoramento do rendimento físico e psíquico. Na dose adequada é capaz de promover o anabolismo proteico. É utilizado como tônico, estimulante e evita a fadiga.

7. Aspartato de Cálcio H 20%

Desenvolve um papel fundamental na bioenergética das células, incrementando a eficiência energética dos processos metabólicos, combate quadros de fadiga precoce e/ou crônica. O cálcio previne e trata a osteoporose, possui propriedades protetoras contra o câncer colo-retal e a hipertensão arterial. Indicado na gravidez, na intoxicação por magnésio (superdose de sulfato de magnésio), reduz o colesterol e ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

8. Aspartato de Ferro H 20%

A suplementação com Aspartato de Ferro apresenta um efeito positivo na performance física, avaliada pelo rendimento cardíaco pós-exercício, níveis sanguíneos de lactato e melhor desempenho nas atividades físicas.

9. Aspartato de Fósforo H 20%

O Aspartato de Fósforo desenvolve um papel fundamental na bioenergética das células, incrementando a eficiência energética dos processos metabólicos

10. Aspartato de Magnésio H 30%

Tem importante papel na conversão de carboidratos, proteínas e gorduras em energia. Importante para todos os órgãos do corpo – especialmente o coração, os músculos e os rins –, pois necessitam de magnésio para um correto funcionamento. O magnésio ajuda na formação dos dentes e dos ossos e participa nos processos de produção de energia. Tem também a capacidade de relaxar os músculos e de regular a transmissão dos impulsos nervosos, importante para permitir uma contração muscular normal. O aspartato de magnésio é utilizado no tratamento da deficiência de magnésio e hipomagnesemia. Alguns estudos mostram que o magnésio melhora o desempenho desportivo.

11. Aspartato de Potássio H 20%

Está envolvido no balanço e distribuição de água, no equilíbrio osmótico, no equilíbrio ácido-base e na regulação da atividade neuromuscular. Promove o crescimento celular. Participa também da atividade muscular e da transmissão dos impulsos nervosos. O potássio também é importante para manter a pressão arterial estável. O Aspartato de Potássio é indicado no combate da fadiga crônica, na preparação de atletas, stress, esgotamento físico e mental, deficiência de vitamina e elementos naturais, medicação dietética e geriátrica.

12. Aspartato de Zinco H 20%

O zinco desempenha um papel central na regulação do crescimento celular e reparação e aumento do dinamismo das fibras musculares, bem como a manutenção de um sistema imunológico saudável. Este mineral atua como um “controlador”, do bom funcionamento do sistema de enzimas e manutenção das células. Promove a performance desportiva e do uso dos músculos, acelera a cicatrização de feridas, fortalece o sistema imunitário e participa na síntese do ADN (substância que constitui os genes), para além de ser necessário na manutenção dos níveis normais da hormona sexual masculina (testosterona) no sangue, e consequentemente do desejo sexual. Possui função antioxidante e é componente da insulina, regulando a atividade desta.

13. Bisglicinato de Alumínio H 1% (Forma Quelatada)

É indicado sempre que houver baixa na vitalidade nervosa cerebral, fadiga intelectual, atuando no desenvolvimento cerebral da criança. Atua como regulador de sono. A carência de alumínio, embora pouco frequente, produz sintomas análogos aos provocados pela falta de vitamina B1. Sua indicação é o retardamento intelectual. É um regulador de sono, especialmente nas insônias por excesso de trabalho mental.

14. Bisglicinato de Boro H 5% (Forma Quelatada)

Este quelato está relacionado com o metabolismo do cálcio, potássio, fósforo, cobre e magnésio, vitamina D e do paratormônio.
Em mulheres pós-menopausa, vem sendo utilizada por seus possíveis efeitos benéficos na prevenção desta patologia.
Proporciona um suporte na função do cérebro e nas funções cognitivas; parece privar a depressão mental.
Quando existe deficiência de magnésio no organismo, ele otimiza o metabolismo.
Importante para a energia física e o desenvolvimento dos ossos, minimiza as intoxicações de alumínio e atenua a deficiência de vitamina D no corpo humano.

15. Bisglicinato de Cálcio H 20% (Forma Quelatada)

Auxilia na prevenção da osteoporose, câncer, diabetes, aumento de colesterol LDL, doença periodontal, hipertensão arterial.
Atua na formação e manutenção de ossos e dentes, coagulação sanguínea, regulação da pressão arterial, contração muscular, transmissão nervosa, síntese, liberação e ativação de enzimas, síntese e liberação de neurotransmissores, redução da absorção de alumínio e chumbo.

16. Bisglinato de Cobalto H 1% E 10% (Forma Quelatada)

Tem como função prevenir a anemia, ajudar na síntese do DNA e da Colina.

17. Bisglicinato de Cobre H 20% (Forma Quelatada)

Ocupa o centro ativo da superóxido dismutase citoplasmática. Fundamental para o transporte de ferro através da sua participação na ceruloplasmina.
Cross-linking do colágeno depende de cobre através da lisil-oxidase.
Atua na síntese da melanina, síntese de catecolaminas: dopamina, adrenalina e noradrenalina.

18. Bisglicinato de Cromo H 1 E 10% (Forma Quelatada)

Este quelato aumenta a produção de massa muscular. O cromo tem um papel chave no metabolismo dos nutrientes, sendo considerado essencial como elemento suplementar, principalmente como fator de tolerância à glicose no metabolismo e sua função como cofator à insulina.
Atua na regulação da glicemia, aumento dos receptores de insulina na membrana plasmática, redução dos níveis de colesterol LDL, aumento dos níveis de colesterol HDL, otimização do metabolismo lipídico.

19. Bisglicinato de Estrôncio H 0,1% (Forma Quelatada)

Apresenta um papel muito importante na formação dos ossos, retardando assim a decomposição do mesmo, podendo influenciar então na densidade óssea. Previne o câncer ósseo.

20. Bisglicinato de Ferro H 20% (Forma Quelatada)

É um elemento essencial na constituição da hemoglobina e da mioglobina. Previne a anemia. Os primeiros sinais de falta de ferro são o cansaço e a fadiga. As mulheres e adolescentes que comem pouca carne, aves e peixe ou que se tornaram totalmente vegetarianas apresentam um risco acrescido de ter as reservas de ferro muito baixas e apresentar sintomas de carência. Necessário para a hemoglobina (pigmento vermelho do sangue) funcionar corretamente e transportar o oxigênio para todas as células do organismo.

21. Bisglicinato de Fósforo H 20% (Forma Quelatada)

Participa virtualmente de todos os processos metabólicos. Está relacionado com a formação e manutenção dos ossos e dentes. É componente de todos os tecidos moles e órgãos. É parte do código genético em todas as células. Vital para o metabolismo dos carboidratos, proteínas, gorduras e na produção de energia. Ativa as vitaminas do complexo B.

22. Bisglicinato de Germânio H 0,1% E 0,2% (Forma Quelatada)

Possui enorme propriedade antioxidante e também, como diminui o consumo de oxigênio por partes dos tecidos, é extremamente importante nas doenças de fundo arterioesclerótico (hipertensão, isquemia, miocárdia, apoplexia).
Eficaz em casos de artrite, diabetes, neoplasia, danos neurológicos, depressão, psicose crônica e epilepsia.
Aumenta a ação do oxigênio na geração de energia e, uma vez que mantém o equilíbrio interior do organismo, supõe que reduz a pressão arterial, baixa os níveis do colesterol e exerce um efeito positivo sobre o sistema imunológico.
Atualmente é considerado um antioxidante mineral.
Protege contra a osteoporose, pode ser analgésico, pode agir como antivirótico, antibacteriano e anticarcinogênico, auxilia no tratamento da artrite reumatoide e em alergias.

23. Bisglicinato de Iodo H 1% (Forma Quelatada)

Ocorre naturalmente, sendo parte imprescindível dos hormônios da tireoide, que monitoram nossos níveis de energia. Age diminuindo o muco no trato respiratório, é excelente antisséptico e previne problemas da tireoide (bócio).
Auxilia no metabolismo do excesso de gordura.
Alivia a dor da displasia mamária, protege contra efeitos tóxicos de materiais radioativos.

24. Bisglicinato de Magnésio H 20% E 30% (Forma Quelatada)

O magnésio é necessário para a síntese de certos aminoácidos, ativando muitos sistemas enzimáticos, na manutenção do DNA, do RNA e também para a contração normal dos músculos. Ajuda também a eliminar as substâncias estranhas no organismo, proporciona a formação de células no pulmão e dos tecidos nervosos.
Fortalece ossos e dentes. Regulariza o pH do sangue.

25. Bisglicinato de Manganês H 15% (Forma Quelatada)

Quelato essencial para desenvolvimento normal dos ossos, assim como dos tecidos conjuntivos.
Algumas delas são: funcionamento e desenvolvimento normal do pâncreas, prevenção da esterilidade, síntese de colesterol e utilização adequada da glicose.
O oligoelemento Manganês é um metal que interage nas deformidades orgânicas, principalmente atua na fertilidade humana, interage com os hormônios sexuais, atua nas normalidades ósseas, não deixando causar anormalidades nas articulações, desenvolvendo membros com perfeita característica óssea.
Juntamente com o fósforo ajuda na contração muscular, permeabilidade celular e formação óssea.
Junto com o ferro, atua na anemia microcítica e hipocrômica e, principalmente, na perda de sangue.
Atuando com o cálcio ajuda na formação óssea e dentes, função nervosa, contração muscular e é essencial na lactogênese.

26. Bisglicinato de Molibdênio H 0,2% E 2% (Forma Quelatada)

O molibdênio é um mineral essencial na estrutura de certas enzimas como a xantina oxidase, sulfito oxidase, aldeído oxidase. Participa também do metabolismo do ferro, cobre, lipídeos e carboidratos.
Apresenta importante papel contra o câncer, previne cáries dentárias e também em alergias alimentares.

27. Bisglicinato de Níquel H 1% (Forma Quelatada)

Sua deficiência leva a alterações, por exemplo, no desenvolvimento do fígado, no crescimento, no comportamento/humor das pessoas, à redução da absorção de ferro a nível intestinal como de outros minerais, como zinco e o cobre além de, alterar o metabolismo dos aminoácidos e hidratos de carbono.
Atua no controle do metabolismo das proteínas, lipídeos, carboidratos, ácido nucleico e hormônios, transporte de oxigênio no sangue, previne a mortalidade infantil, melhor utilização dos nutrimentos.

28. Bisglicinato de Potássio H 20% (Forma Quelatada)

É o principal cátion no fluído intracelular, onde também é muito importante na manutenção da pressão osmótica da célula. Importante na liberação de insulina pelo pâncreas. Atua na transmissão de impulsos nervosos, controle da contractilidade dos músculos esqueléticos e da manutenção da pressão arterial normal. Deficiência de potássio inclui fraqueza, anorexia, náusea, apreensão, tontura e comportamento irracional. Uma severa queda de potássio sanguíneo pode resultar em disritmias cardíacas que podem ser fatais.

29. Bisglicinato de Selênio H 0,2%, 1% E 10% (Forma Quelatada)

Ação antioxidante do selênio através da glutationa peroxidase, onde o selênio ocupa o centro ativo. Aumento da efetividade da vitamina E, proteção da pele contra os raios ultravioleta. Forma com o cádmio, mercúrio, chumbo e outros metais tóxicos, complexos biologicamente inativos.

30. Bisglicinato de Silício H 1% E 5% (Forma Quelatada)

É um silício orgânico, com a absorção garantida, necessária para a formação dos ossos e tecidos conjuntivos (colágenos), absorção de cálcio nos estágios iniciais da formação óssea.
Age no fortalecimento das unhas, pele e cabelo.
Essencial para prevenir doenças cardiovasculares, mantendo as artérias flexíveis. Pode prevenir a queda de cabelos, protege contra algumas doenças cardíacas, pode prevenir a osteoporose por ajudar o corpo a aproveitar o cálcio para os ossos.

31. Bisglicinato de Vanádio H 0,1% E 0,2% (Forma Quelatada)

É um quelato essencial que tem participação direta no aparelho cardiovascular, onde tem uma ação sobre a contração das fibras musculares cardíacas.
Auxilia no tratamento do diabetes reduzindo o açúcar no sangue, auxilia o ganho de energia em atletas com maior aporte de glicose para a musculatura, diminui a formação de colesterol nos vasos sanguíneos, pode prevenir doenças e ataques cardíacos, ajuda na prevenção da cárie dentária, estimula o crescimento dos tecidos e o metabolismo da gordura.

32. Bisglicinato de Zinco H 20% (Forma Quelatada)

Quelato essencial na síntese dos ácidos nucléicos, fato que liga ao crescimento e a regeneração de tecido. É necessário para absorção e a atividade das vitaminas, principalmente as do complexo B.
Fundamental no funcionamento da insulina no organismo.
Consequentemente com tendência a infarto do miocárdio, mas o excesso do quelato pode atuar como vasoconstritor.
Auxilia na síntese de proteínas através da RDA e DNA polimerase, transporte e metabolismo da vitamina A, síntese e liberação de hormônios. Participa de enzimas digestivas, metabolismo do álcool. Redução da absorção de alumínio e chumbo.

33. Bisglicinato de Ferro 15% (Forma Quelatada) Complexado Com Ácido Fólico

O Bisglicinato de Ferro é um elemento essencial na constituição da hemoglobina e da mioglobina, dessa forma prevenindo a anemia.
O ácido fólico, folacina ou ácido pteroil-L-glutâmico, também conhecido como vitamina B9 ou vitamina M, é uma vitamina hidrossolúvel pertencente ao complexo B necessária para a formação de proteínas estruturais e hemoglobina. Atua na produção de energia, transporte de oxigênio, constituinte fundamental da hemoglobina, atua na estabilização da resistência imunológica, efetivo no tratamento de certas anemias, pode manter espermatozoides saudáveis, um dos componentes indispensáveis para uma gravidez saudável, importante na formação do DNA. O uso de ferro bisglicinato complexado com ácido fólico, a sua biodisponibilidade é de 100% do ferro, com a ação de transporte de ferro no quelato para dentro da célula.

34. Quelanutri

35. Picolinato de Cromo H 12%

O cromo é um mineral essencial, cuja função é trabalhar junto com hormônios, principalmente a insulina, metabolizando carboidratos, gorduras e proteínas.

O cromo é necessário para potencializar a insulina. Quando não se ingere uma quantidade necessária de cromo, a insulina não pode atuar efetivamente.

Quando o corpo se torna resistente à insulina, maior quantidade de glicose na corrente sanguínea será acumulada em forma de gordura, impedindo que as células transformem gordura em energia.

O organismo armazena insulina imediatamente após a alimentação. A mesma se une às células para induzi-las a absorverem glicose (uma forma de açúcar), da corrente sanguínea pra dentro das células.

Glicose é a fonte de energia mais importante do organismo e as células a utilizam como combustível para promover outras funções essenciais como o metabolismo e desenvolvimento muscular.

O Picolinato de Cromo da empresa Orgolabs Laboratórios é uma combinação do Bisglicinato de Cromo (produto orgânico) com o ácido picolínico e é a melhor forma de se obter o cromo como suplemento, pois a sua absorção é melhor, mais segura e efetiva no organismo.

Todos os minerais essenciais precisam ser fornecidos através de alimentos que ingerimos ou da suplementação. Infelizmente, o cromo é um mineral essencial que possui uma absorção muito pobre pelo organismo.

Pesquisadores acham que quando o cromo é ligado ao ácido picolínico, sua absorção é significativamente potencializada.

O ácido picolínico é um metabólito natural encontrado no leite materno.
Acredita-se que auxilia os bebês a absorverem os minerais do leite. A adição de ácido picolínico à molécula de cromo resulta em um complexo chamado picolinato de cromo.

Picolinato de cromo é um suplemento dietético que pode ser útil na inibição do apetite.
Adicionalmente, tem demonstrado um crescimento na massa muscular e simultaneamente o ajuste da gordura.

Ao ser administrado junto a uma serie de exercícios, bem como a uma etapa de uma dieta de controle calórico, os resultados podem ser satisfatórios.

Além disso, o Picolinato de Cromo pode ter muitos resultados benéficos quando suplementado. Realça o efeito da insulina no corpo, melhorando o recebimento da glicose, desse modo causando uma melhor circulação e manutenção dos níveis de açúcar no sangue.

A evidência demonstra também a habilidade do Cromo contra o colesterol e aterosclerose. Ganhar energia, queimar gordura, e construir músculo com maior facilidade é atribuído ao Cromo. Auxilia na perda de peso, aumentando a massa muscular onde antes era só gordura.

Mecanismo de Ação:

O cromo ativa diversas enzimas envolvidas no metabolismo da glicose e síntese de proteínas, principalmente a insulina.

Na realidade o cromo participa ativamente na biossíntese desse hormônio, auxiliando também no seu aproveitamento pelas células durante o transporte de glicose.

Ações Farmacológicas:

É importante entender que a necessidade de cromo no corpo é fundamental e a longo prazo.

A reação do cromo no corpo de cada indivíduo pode variar.

É possível perceber alguns benefícios como melhora na composição do corpo, tanto em uma quanto em quatro semanas usando o picolinato de cromo em conjunto com uma dieta balanceada e exercícios.

Estudos mostraram que o melhor metabolismo da glicose pode ocorrer entre a sexta e vigésima semana.

Outros benefícios como o metabolismo saudável de colesterol, pode apresentar resultados em mais tempo e pode ser confirmado pelo médico.

36. L-Seleniometionina

37. Metioninato de Cálcio H 20%

38. Metioninato de Potássio H 20%

39. Metioninato de Selênio H 1% e 10%

40. Metioninato de Zinco H 20%

41. Metioninato de Magnésio H 20% e 30%

42. Aspartato de Ornitina

43. Colágeno Hidrolisado Complexado com
Bisglicinato de Silício Orgânico

44. Glutamina Peptídeo

45. Glutamina Peptídeo com Bisglicinato de Ferro H 15%
Complexado com Ácido Fólico

46. Magnésio Dimalato

47. Magnésio Dimalato Complexado com Bisglicinato de Cromo Protegido

Produtos Sintetizados com Aminoácidos Quelatados. Formulamos conforme solicitação do Cliente. Consulte-nos.



Para saber mais, consulte-nos. Entre em contato agora
Orgolabs Orgânicos LTDA - 2016 - Todos os Direitos Reservados.
contato@orgolabsorganicos.com.br - SAC: 19 3583 1986 - 19 3583 4432